18 de dezembro de 2010

O dilema da amamentação II

Fiquei tanto tempo sem conseguir entrar no blog que nem percebi que postei uma mensagem em branco. O tempo é algo precioso para todos mas para mim é ainda mais. Estas duas últimas semanas foram muito movimentadas porque além do ritmo frenético das mamadas que continuam de 3 em 3 horas, mas que apesar de dizerem que com o tempo ela vai espaçando, no meu caso parece que está é reduzindo para cada 2 1/2 horas, e não pensem que o volume de leite não está aumentando, aumenta e muito. Estes bebês estão umas feras!!! Meu marido diz que quando eles receberem alta para visitas e passeios, sairam de casa andando e falando. Realmente eles cresceram muito e estão ficando gordinhos como os bebês recem-nascidos que nascem a termo.


O dilema (parte II) é que tudo que acontece com eles é culpa da falta do leite materno, segundo os pediatras. Bom nestas duas últimas semanas, todos os bebês tiveram prisão de ventre foi de dar dó ver os meus filhos gritando de dor, primeiro o Nicolas, depois Vinicius e por último Sofia, que sofreu menos mas sofreu. A pediatra falou que a culpa é do leite complementar, porque se fosse somente leite materno não aconteceria isto. E lá vai a mãe se martirizar de culpa por não conseguir dar leite suficiente, corremos atrás de doadores e bebi mais líquido, doce e chá de erva doce para ver se ajudava a produzir mais leite...é puro desespero mesmo. Trocamos os leites para ver se ajudava mas não mudou muito. Parece que agora as coisas melhoraram um pouco, somente um bebê ainda está meio traumatizado, mas estou dando atenção especial para ele, e reservo mais leite materno para que ele consiga se adaptar ao leite artificial afinal meu leite não sustenta eles muito tempo.

Mas como sempre quero ajudar futuras mães de múltiplos, é bom saber algumas alternativas como deixar um supositório de glicerina na maletinha de remédios deles, porque na urgência ajuda muito. Apesar de que pediatras não podem saber disto. Outra dica que não sei se é verdade ou não, mas eu estou aplicando é usar a funchicória, dou uma tampinha misturada com o leite materno, todos os dias, falaram que ela alivia a cólica e solta o intestino, se é verdade ou não eu não sei dizer, mas eu aplico.E fazemos muitas massagens na barriga deles e usamos bolsa térmica também. Outra dica é ter chupetas para controlar o trio na hora do sufoco, apesar dos pediatras contra indicarem, não tem nada melhor. É melhor o vício da chupeta do que o de chupar dedo, pois eles acabam arranjando um jeito de se acalmar com os dedinhos. Os pediatras que me perdoem mas temos que ser realistas, mães de múltiplos não podem se dar ao luxo de seguir o manual da perfeição! E nem sei quem inventou estas regras, provavelmente alguém que nunca teve múltiplos (rs).


Nicolas chorando
Vinicius e Sofia com a chupeta.

Vinicius aprendendo a ser independente, daqui a pouco ele mesmo irá preparar sua mamadeira.


Amo meus bebês!

Um comentário:

  1. Amamentar realmente é um dilema! Nossa só de ler seu post, passou um filme em minha mente em relaçao a correria da casa. Com 3 meses eles foram perdendo o interesse pelo leite materno, pois o complemento de Nan na mamadeira era mais fácil de sugar e eu de tão cansada fui parando de amamentar,o leite foi diminuindo, qdo fui tentar dar o peito de novo, eles não queriam mais, fiquei tão mal sabe... me sentí mt mt culpada por ter deixado o cansaço falar mais alto. Mas depois vi que mais cedo ou mais tarde isso iria acontecer e entendo perfeitamente o seu lado, sei que não é nada fácil amamentar múltiplos e não dá p/ seguir a risca td que os pediatras falam. Ainda bem que a pediatra deles me apoiava e dizia: é melhor dar mamadeira feliz do que o peito exausta! Mas é isso aí, vc tá no caminho certo. bjs

    Tô te seguindo.

    http://osgemeosdaju.blogspot.com

    ResponderExcluir
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...