3 de dezembro de 2010

O Dilema da Amamentação


Amamentar é a melhor experiência que uma mãe pode ter, mas quando se trata de amamentar múltiplos esta pode não ser uma tarefa tão simples. Vamos falar primeiro do prazer.

A minha primeira mamada foi inesquecível, por sorte eu tive três vezes a oportunidade de sentir o prazer da primeira mamada. A primeira experiência foi com o Vinicius, proporcionada graças a Dra. Judith já no segundo dia de UTI, digo que foi o Vinicius quem me ensinou a dar de mamar, isto porque é impressionante como estes seres tão pequenininhos são capazes de sugar uma mama tão dura e nos guiar para um mundo mágico onde nos sentimos poderosas em gerar um bebê tão gostoso e eles, por sua vez, se sentem seguros e protegidos no colo da mãe.

A segunda experiência foi com Sofia, um toque mais suave que a do Vinicius mas uma sugada certeira. Ela nem pára para respirar, a babá diz que ela é apaixonada pelos meus peitos, e é mesmo, os olhos dela brilham de felicidade, digo que é mamada inebriante.
 
A terceira experiência, ainda que entre muitos fios na UTI, foi com o Nicolas, que tem uma mamada suave porém rápida, digo que ele é muito esperto porque não gosta de perder muito tempo para mamar, principalmente quando não está tão fácil sugar. Gastar energia atoa nem pensar e ele nem podia porque eles gastam muita energia mamando.

Agora vamos falar das dificuldades que as mães podem enfrentar. Primeira delas, não se restringe somente a mãe de múltiplos mas digamos que ela é intensificada nestes casos, que é o bico da mama rachar. No meu caso até demorou porque eu fiz muitas coisas antes de amamentar como: tomar sol no peito e usar a bucha vegetal, acho que esta última ajudou muito a engrossar a pele. Depois de passar a bucha eu usava Millar, uma pomada a base de lanolina, que ajuda muito a cicatrizar a mama. Até hoje uso esta pomada, porque os bebês podem chupá-la também. Mas como disse meu bico rachou pouco porque aprendi a colocar os bebês da maneira certa, eles não podem sósugar o bico do peito nada de boca de peixinho, tem que ter boca de tubarão (rs).

Segunda dificuldade é o tempo, talvez esta seja a segunda maior dificuldade para mães de múltiplos, chega a ser um questão de vestibular... deixa eu explicar: para amamentar um bebê a média de tempo é de 30 à 50 minutos sugando e mais 20 minutos para arrotar. Ou seja, no mínimo 50 minutos por bebê para cada mamada, considerando que o intervalo de cada mamada é de 3 horas, então quantos minutos uma mãe de trigêmeos tem para descansar entre uma mamada e outra?!

Terceira dificuldade é a quantidade de leite, para uma mãe produzir muito leite temos uma série de artifícios e mandingas como: beber tintura de algodoeiro, comer milho, tomar vitaminas, tomar plasil, mas nada é tão bom do que paz, muita água e suco, e descanso. Como eu já expliquei a dificuldade do tempo, mãe de múltiplos não consegue descansar. Como eu gosto de seguir a receita a risca sempre fiz tudo que me mandaram só não tomei plasil e nem descasei resultado é que chega uma hora do dia que você não consegue mais produzir nada, nem leite, nem mesmo falar de tão cansada. Então aprendi que mãe de múltiplos tem que administrar de forma menos rígidas as mamadas, caso contrário os bebês passaram fome em algum momento. Ainda estou tentando encontrar o nosso caminho, quando achar uma receita boa para isto, postarei o resultado. Esta semana resolvi testar intercalar uma mamada somente peito e a mamada seguinte somente complemento do Pre Nan ou leite materno. Ficou um pouco melhor a minha vida, a produção de leite está maior e os bebês estão ficando mais satisfeitos. E melhor, agora estou me sentindo menos cansada e conseguindo aproveitar mais meus bebês, dando mais carinho para eles.

Quarta dificuldade, é qual meio de alimentar será utilizado na amamentação complementar para evitar que o bebê não deixe os peitos, eu testei de tudo: seringa, copinho, sonda inventada com seringa, peito artificial(veja foto abaixo). Como diz a babá, parece que vivemos num laborátorio 24 horas por dia, mas finalmente encontramos uma forma, compramos um bico de latex, que se parece muito com meu mamilo em tamanho e textura. Adaptamos o bico na mamadeira da Nuk e pronto, nossa vida melhorou 100% esta semana, pois os outros métodos (que me perdoem os médicos e enfermeiras) são um show de horror quando se trata de alimentar 3 bebês. E o melhor de tudo, os bebês não deixaram o peitinho da mamãe, muito pelo contrário, o Nicolas aprendeu até a mamar melhor depois desta mudança, eles ficavam muito estressados com as seringas. Papai é quem levou o "preju" pois comprou 600 seringas para os bebês, se bem que usamos umas 300, já que eram 24 seringas por dia.

Bom, o importante para uma mãe de múltiplos é entender que não devemos nos sentir culpadas se não temos leite suficiente, se não conseguimos completar uma mamada, se não conseguimos amamentar todos, se temos que utilizar leite artificial, devemos sim nos sentir diferentes e privilegiadas por poder encontrar nosso próprio caminho que é diferente de todos os comentários que você já ouviu de quem teve uma gestação única. Aprendi a forma tradicional de amamentar: "barriga do bebê com barriga da mamãe" e hoje amamento de diferentes formas, então é "barriga com costas", "barriga com cintura" é a lei da sobrevivência. E cada bebê tem uma preferência, curta o prazer de descobrir seus gostos.

Amo meus bebês!


Primeira experiência de amamentar dois (Sofia e Vinicius). Esta experiência foi proporcionada pela Ana Maria, uma das técnicas de enfermagem que cuidaram dos meus bebês na UTI.



Sofia tomando leite no copinho. Ela não gostava da seringa e nem do copo, só gosta mesmo é dos peitos!


Vinicius tomando complemento na seringa, enquanto Nicolas e Sofia mamam (já em casa).
Vinicius na seringa - um pesadelo apesar do Vinicius sugar muito bem!!!
Vinicius e Sofia tomando peito e completando a mamada com o "peito de mentira" (veja entre as mamas um potinho com leite e um cano como se fosse uma sonda), este método é bom para mães que tem pouco leite também, os bebês sugam a mama e sugam o leite do potinho. Testei usar uma seringa ao invés do potinho, os bebês conseguem também puxar o leite com a força da sucção.
Vinicius topa tudo quando se trata de mamar!
Vinicius está na minha cintura mamando mama direita e Nicolas deitado no sofá mamando mama esquerda
Sofia ama este momento!
 Nicolas gosta de receber sempre ajuda, segurando o peso da mama. Descobri ontem que ele gosta de mamar quando estou de pé.

2 comentários:

  1. Teka!!!
    Realmente, amamentar é tudo de bom!!!!!
    Eu amamentei meus bebes até quase 9 meses!!! Na verdade o Guigui parou com 6,5 meses, a Carol com quase 7 meses e o Mathias foi ate quase 9 meses!!!
    Como eles nasceram muito prematuros, a previsão era de que eu nao teria leite, mas graças a super maquininha (pois comecei a amamentar só 1 mês e meio do nascimento deles) tive muito leite!!
    O esquema aqui em casa, depois de perceber que eu estava super cansada, era de dar só mamdeira a noite e durante o dia dava o peito (fazia rodízio - dá uma olhada no meu blog o post sobre amamentação - http://mmmais3.blogspot.com/2010/06/as-mamadas-noturnas.html). Deu super certo e ficava menos cansada!
    Fiquei muito triste quando eles pararam de mamar, mas foi decisão deles!
    Quanto ao bico da mamadeira, usava o anatomico da Nuk para agua e chá. Como passou a ficar muito dificil para eles mamarem, passamos para o de leite, mas isso não fez eles largarem o peito!
    Tenho certeza que fiz minha parte, assim como tu estás fazendo a tua!
    Parabens pelos babies!
    Bjs,
    Mariana
    www.mmmais3.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, seu filhos estão fofinhos, essa fase da saída da uti neo e ir p/ casa é um sonho, mas é bem corrida né? Eu tive gêmeos e consegui amamenta-los só o primeiro mês exclusivo no peito, depois o cansaço foi batendo e a própria pediatra me orientou dar o Pré-Nan, pois uma hora o leite iria diminuir se eu continuasse com aquele ritmo frenético... rsrsr

    Igualmente a Mariana, eu fazia rodizio, de vz em qdo eles mamavam juntos, mas o normal era um no peito e outro na chuquinha.

    Eu sei o qto é cansativo, mas amamentar é mt gratificante, um elo de amor incondicional.

    bjusssssssssss

    http://osgemeosdaju.blogspot.com/

    ResponderExcluir
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...