19 de agosto de 2013

Desfraldar é preciso mas nem sempre é possível: 10 Dicas da Nossa Experiência!

Há um bom tempo estou querendo postar sobre o desfralde do trio, como uma experiência que eu observei nos meus filhos, mas nunca me sobra tempo suficiente. Mas hoje resolvi não adiar esta postagem pois pode ser que ajude outras mães, pois como sempre digo nossa experiência não é regra mas sempre tem algo para ser aproveitado.

Sempre temi este momento como mãe, ainda mais considerando que teria que desfraldar 3 ao mesmo tempo, na verdade não sabia e não tinha idéia como faria. Comecei a ler na internet e vi que um ponto em comum em todas as leituras era que toda criança tem seu tempo, por isso resolvi respeitar este tempo deles, mas ficava alerta aos sinais de que poderia iniciar o processo, fora que contava com o efeito rebote, pois tudo que um aprende os outros correm para imitar. E foi quase assim que funcionou, vou dar detalhes e escrever DICA nos pontos que achar que vale a pena ser adaptado por outras mães, e não custa nada tentar.

Ah me lembrei também que diziam que a criança que desce e sobe escadas com autonomia, um pé em cada degrau, já está apta a tirar fraldinha, achava estranho esta analogia, mas até que faz um pouco de sentido em relação aos sinais que demonstram controle (conforme mencionei acima), pois para subir e descer igual a adultos realmente precisa de certa prática e controle.

Bom, o primeiro sinal que notamos foi com Sofia, ela tinha 2 anos e 2 meses quando começou a apontar para a fralda dizendo que queria fazer xixi ou coco, ela falava xixi, mas as vezes vinha coco ou vice-versa, não sabia o que vinha mas percebemos que já tinha o controle, então explicamos para ela que ela ganharia calcinhas e viraria uma mocinha igual a mamãe.

DICA 1: comece a levar seu filho para o banheiro contigo e explique que você não usava fraldinhas porque faz o xixi e coco no sanitário. Eles aprendem com exemplos.

DICA 2: Imprima imagens de crianças fazendo xixi e coco na internet (peça ajuda do Google) e cole  estas imagens na frente do sanitário - no campo de visão das crianças (para meninas/meninos) e atrás do sanitário (para meninos porque fazem xixi em pé e tem este campo de visão) veja foto abaixo leve seu filho para mostrar os novos amiguinhos que eles terão no banheiro para fazer xixi e coco com eles (eles adoram este lado lúdico)




DICA 3: quando chegar o momento presentei o seu filho com calcinhas e cuecas dos personagens que eles gostam. Funciona como estímulo.

Sofia então foi fácil, em um mês Sofia usava calcinhas em casa com autonomia, sem sujar, mas ainda ia para a escola com a fraldinha. No mês seguinte a babá iria tirar férias, então resolvi aproveitar a ocasião para tirar a fralda dos meninos. Algumas mães podem estar se perguntando, isto não faz sentindo, quando estava sozinha é que ela resolveu desfraldar os meninos?! Exatamente isto. Percebi que terceiros interferiam negativamente, porque o meu comando as vezes era desfeito por outros que ficavam inseguros e mantinham a fralda, a criança fica confusa com dois comandos. Isto aconteceu na escola também, mas era outro ambiente então não interferiu no meu processo (vou explicar depois). Bom em um mês desfraldei os meninos em casa porque percebi que eles começaram a observar a Sofia usando a calcinha e pediam a cueca também, e porque começaram a me pedir para tirar a fralda para ir no sanitário fazer xixi. O coco foi outro processo, eles ainda resistiram em fazer coco na fraldinha, principalmente porque o horário de fazer deles era mais certo, assim que acordavam pela manhã. E aí eu tive um pouco mais de trabalho. Percebi que os meninos não gostavam de penico, então construí um degrau no sanitário para que eles tivessem autonomia de subir  ou se estivessem encima pudessem apoiar os pés sobre a caixa que coloquei de degrau (coloquei estas caixas tipo tupperware que vende no Extra bem baratinho).

DICA 4: Faça um degrau no sanitário para que as crianças tenham autonomia de subir e descer sem ajuda (lembre-se de colocar um emborrachado embaixo da caixa para que ela não escorregue), e coloque um redutor de sanitário infantil (igual ao da foto)
 P.s.: nunca ensine seus filhos a fazerem xixi no box porque depois para tirar o costume é difícil e criança que aprende errado quer fazer na rua errado também (aconteceu isto com uma amiga minha) A CRIANÇA FICA CONFUSA!!!!

DICA 5: mantenha sempre duas opções SANITÁRIO E PENICO, porque temos mais de um filho e se forem iguais aos meus, eles adoram ir ao banheiro juntos. E para quem tem um filho só eu teria as duas opções no início também, porque tem criança que não gosta de penico como os meus meninos.

Nosso banheiro adaptado com opção de penico e sanitário com degrau e redutor (usar o tapete emborrachado para não escorregar).




Como estava dizendo, os meninos ainda deram trabalho no número 2 (o coco), Nicolas queria fazer na fralda e Vinicius na cueca, então decidi pedir ajuda ao meu quadro da SuperNanny. Eu tenho um quadro que preparei quando eles tinha um ano e pouco e até hoje mantenho na parede do quarto de brinquedos. Fiz com imagens da internet, mas na época não tinha nada sobre o banheiro, e imprimi novas imagens e adaptei no meu quadro (que tanto me ajudou!!!) E assim toda vez que faziam errado eu levava no quadro e explicava o que era certo fazer, e em uns 2 meses eles estavam 100%.


DICA 6: o quadro da SuperNanny ajuda a realinhar o que deixa a mamãe feliz e o que deixa ela triste. Veja a foto do nosso quadro.

Quadro Supernanny: mamãe fica feliz com criança que faz xixi e coco no sanitário

Nosso quadro da super nanny


Nosso cantinho da disciplina

 Mas depois destes 3 meses onde todos estavam desfraldados, eu aida me incomodava que na escola mantinham as crianças com fralda. Então pedi para a professora um pouco de paciência, já que para eles era novamente um espaço novo e que eles achavam que tinham que ir de fralda já que os amiguinhos usavam fralda na sua maioria, e expliquei que eles estava desfraldados em casa com segurança. Nesta fase já ensinava eles a tirar a calcinha/ cueca sozinhos para ir ao banheiro sem esperar por nossa ajuda. E hoje eles vão tranquilamente, só o banheiro que fica imundo e precisa ser limpado toda hora, pois a mira dos meninos é fenomenal (kkkkkk). Então a professora aceitou e no segundo dia já não deram mais trabalho.

Ah, mais algumas dicas...

DICA 7: (SÓ PARA MENINOS) Vinicius fez xixi em pé desde o primeiro dia e Nicolas fez xixi sentado, depois que aprendeu a fazer em pé observando irmão. Então mostre as alternativas, para ele escolher a melhor forma.

DICA 8: No início do processo observe a criança dar sinal de quer ir ao banheiro, se perguntar para eles se querem normalmente vão falar que não querem porque não querem perder tempo no banheiro, então se criança colocar a mão na cueca/ calcinha, ou ficar se balançando, ou torcendo as pernas é sinal de que quer ir ao banheiro, nem pergunte, leve para o banheiro que ele fará.

DICA 9: Deixe livros no banheiro, em uma das fotos que coloquei no banheiro, tem uma criança lendo um livro sentada no penico, e ensinei para eles quando estavam com medo de fazer coco que lendo um livro o coco sai mais fácil porque distrai nossos pensamentos e assim não dói. Funcionou!

DICA 10: Se você sentir que começou na hora errada, volte atrás e deixe a criança mostrar o seu tempo, eu voltei atrás duas vezes com os meninos. Acredito que é melhor construir um hábito saudável do que na força criar traumas. Quando eu erro em algum processo, eu dou um tempo para descansar e eles esquecerem, então eu mudo completamente de comportamento e começo novo treinamento.

Eu sei que nossa ansiedade é grande porque a economia do desfralde no caso de múltiplos é enorme, mas o trauma pode atrasar mais ainda o processo e sair ainda mais caro, e o desgaste para o adulto que está ensinando é também absurdo, tem hora que a gente cansa de limpar cuecas e limpar chão, e parece que quando um faz errado o outro faz errado também. Pare tudo e espere o momento certo de começar de novo! E vá por etapas (hambientes), desfralde em casa de dia, depois desfralde os passeios, depois desfralde na escola e por último o desfralde noturno ( este sim vai demorar).

Sobre o desfralde noturno, Vinicius e Sofia foi um processo natural, mas ainda falta o Nicolas e depois escreverei sobre este ponto também pois ainda não está completo.

Boa sorte super-mães!


5 comentários:

  1. Nossa não consegui desfraldar nem completamente de dia e vc já está desfraldando a noite, vou ler novamente para pegar algumas dicas e quem sabe lá em casa dá certo.

    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desirée não se preocupe com o tempo, cada um tem seu momento e nós pais temos que estar inspirados tbm, pois dá um trabalhinho a mais no início, e no nosso caso trabalho triplo, portanto eu demorei para tomar coragem de começar. mas se vc vê sinais nas meninas comece a estimular com as dicas que dei, vale a pena a economia que fazemos não comprando mais tantas fraldas.
      bjos e boa sorte!

      Excluir
  2. Valeu pelas dicas Teca, vou aproveitar muito, apesar dos meus bebês terem 1 ano e 6 meses, a Rafaela já deu vários indícios que dará menos trabalho, por várias vezes ela me avisou que tinha coco na fralda, depois passou a apontar para a fralda eu achei que era coco e não tinha nada, passando uns cinco minutos ela tinha feito, impressionante, mas não é sempre que isso acontece, então vou esperar eles fazerem 2 anos para começar a pensar nisso.
    Eu tenho um pinico que toca musica, mas mesmo antes de eu ganhar, já tinha em mente comprar um redutor de vaso, pq eu acho que eu vou ter dois trabalho de colocar no pinico e depois fazer eles usarem o vaso, sei lá, acho q estou errada.
    Aliás eles vão com a gente no banheiro, pq se eu fecho a porta é um chororo, principalmente se estou sozinha com eles... A Rafa vai direto no papel higiênico, pega um pedaço e finge que está se enxugando, coisa linda, depois abre o lixo e joga o papel.
    Teca com quanto tempo seus filhos foram para escola, como foi essa transição?? estou pretendendo colocar os meus com 2 anos pelo menos meio período.
    Beijos no trio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thalita,
      Vc tem razão Raphaela já está controlando suas vontades, é sinal de que dará menos trabalho. Ela deve conseguir desfraldar cedo. Vc já pode começar a explicar para ela que quando ela quiser fazer xixi e coco pode te avisar que vc levará ela ao sanitário. Eu como estava cansada e todo processo de mudança quem comanda sou eu, deixei para fazer isto quando tive certeza que era a hora certa.
      Mas os estímulos visuais funcionam muito, principalmente a foto das crianças no banheiro. Primordial para a gente!
      Quanto ao pinico e vaso sanitário, eu oncordo com vc, prefiro sempre ensinar o que é certo, afinal não teremos penico na rua e nem na escola. Eu só usava ele quando outro queria fazer algo no mesmo momento do irmão. E hoje só sofia aceita fazer no pinico quando acontece isto, os meninos não gosta, e ela já sabe até jogar a caca no sanitário depois p limpar o penico. Então comece no sanitário mesmo e deixe o penico de reserva.
      Quanto a escola, eu vou fazer em breve um post, coloquei os meninos para estudar meio-período desde 1 ano e 6 meses (a idade dos teus), achei que foi uma boa época. E a minha dica é sempre começar no segundo semestre porque é uma época com menos viroses, no primeiro semestre eles só ficaram doentes. mas é necessário passar por isto para ganharrm imunidade.

      bjos para vcs! teka

      Excluir
    2. Obrigada Teka, os meus fazem dois anos em fevereiro então achei melhor por no inicio do ano pq é verão e tal, pelo visto também estou errada, rsrsrs. Por mim eu ficava com eles em casa, mas meu marido não aceita, pq ele acha q eu preciso voltar ao trabalho aos poucos ou mesmo aproveitar esse tempo livre pra mim.
      Faz um post de alimentação também, aqui em casa tem dias que não sei mais o que faço eles não querem nada, outros dias comem bem.
      Beijos no trio.

      Excluir
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...