27 de novembro de 2013

Papo de Gente Grande: Vinicius

Estes meninos estão ficando velhos muito rápido. Ontem no caminho para a escola Vinicius me chama e diz assim, falando bem direitinho, sem linguagem de bebê: 
- "Mãe, quando eu crescer quero andar de moto."
- "mas, meu filho, é muito perigoso e você não cuida da sua cabeça andando, imagina de moto!"
Daí Vinicius retruca:
- "Mas mamãe, eu vou usar capacete."
E imediatamente passa uma moto do nosso lado e ele já percebendo que eu era contra, diz:
- "Vou pedir para o papai comprar uma moto vermelha para mim igual aquela ali."
- "Meu filho, se você um dia comprar uma moto vai ser com o seu dinheiro, porque papai e mamãe acham moto muito perigoso!"

Afff meu Deus, espero que esta fascinação de Vinicius por moto passe logo, porque só de pensar eu já sofro. 

Amo demais os meus bebês velhos!




11 de novembro de 2013

Aniversário do Trio: 3 aninhos de muita gostosura

Como eu disse em outro post, ano passado não teve como fugir da festa e muito menos escolher o tema. O trio decidiu tudo: local, tema, lembrancinha e ainda pediram que os personagens estivessem presentes (este item eu não consegui realizar), e o pior é que Sofia me cobrou, no dia seguinte, ela falou que foi muito divertido mas a Cinderela não foi no aniversário dela :-(  As vezes não acredito no que escuto, mas já aprendi que é difícil enrolar este meu povinho aqui.
 No início ia fazer a festa no colégio, mas no meio do caminho resolvi fazer nos dois lugares, e no final vi que iria ficar doida e resolvi fazer só no salão mesmo. O difícil seria selecionar os convidados pois teria que escolher um pouquinho de cada lugar, mas no final conseguimos prestigiar os que tinham crianças afinal são eles que mais se divertem, e no final foram quase 60 crianças se divertir conosco. 
Quanto ao tema, eles também foram imbatíveis, os meninos falaram de cara que queriam o tema dos super-heróis, realmente não dava para ser diferente, eles passam o dia inteiro de fantasia, dormem de fantasia e se deixássemos sairiam de fantasia também.  Inutilmente tentei convencer Sofia de ser mulher-maravilha, mas ela irredutível queria o tema da Cinderela, a princesa que ela mais ama, mas se veste de outras princesas também. E assim foi nosso desafio, misturar estes super-heróis com a princesa, por sorte consegui uma parceira que me ajudou brilhantemente neste desafio - a artista plástica Bianca Batista. E como vocês já viram nos outros aniversários, eu e a babá adoramos fazer as personalizações: fizemos scrap, montagens e até costuramos saias de princesa e outras cositas mais. Eram tantos detalhes que fica difícil mostrar tudo. 
O resultado foi digno do trabalho que tivemos, ficou lindo e todos se encantaram. A surpresa, o olhar de admiração do trio foi demais, faria tudo de novo, pena que os olhares deles não foram totalmente   captados nas fotos mas talvez no vídeo que eu ainda não recebi. De qualquer forma, eu presenciei o momento da entrada quando eles viram suas fotos de fantasia penduradas, depois o momento que entraram no salão, depois o momento que viram as mesas de doces, achei que fossem derrubar tudo de tão empolgados!!! E a vovó viu a admiração que Nicolas teve quando viu o bolo deles. 
Sempre fui contra gastar dinheiro com aniversários, até porque eu nunca tive uma festa nem de aniversário nem de formatura, e isto nunca  interferiu na minha vida, mas depois que eu tive o trio eu entendo o desejo dos pais em oferecerem este momento de recordação, e entendo que o luxo é supérfulo, o mais importante é comemorar com brincadeiras e um bolo. E cada um deve fazer o que está ao seu alcance. O importante é comemorar. 



A entrada do Buffet

A foto da entrada de Boas-Vindas
A felicidade deles na entrada do buffet com todos os funcionários cantando parabéns

A mesa de Bolo e doces de Sofia
A mesa de bolo e doce dos meninos
A lembrancinha das meninas
A lembrança dos meninos
A lembranća de mesa: esponja e sabonete de banho dos Super-homem e coroa e sapatinho de princesa.













10 de novembro de 2013

Bicicletas: melhor presente para os 3 anos

Quando Nicolas tinha 1 ano e 3 meses toda vez que íamos na Loja de Brinquedo ele ficava doidinho pedindo para eu comprar uma bicicleta para ele, lembro que ele nem alcança o pedal direito, aí falei que quando ele aprendesse a andar eu compraria. E continuamos a visitar esporadicamente a loja, até que um belo dia em uma destas visitas ele subiu na bicicleta, como de costume e saiu andando, não conseguia girar o pedal mas andava fazendo o mecanismo de alavanca, pedal para trás e para frente, e ele tinha somente 1 ano e 6 meses, ele sempre teve boa habilidade motora e é persistente quando quer realmente algo. Bom como eu não blefo com meus filhos, prometido é cumprido, levei a bicicleta para casa no mesmo momento. E ele continuou por muito tempo a andar com o pedal sem girar completo, só como alavanca, e corria muito mesmo desta forma, fiquei com medo dele não aprender a andar direito, preocupação boba de mãe-mega-master-neurada :-) 
Comecei a notar que Nicolas não se interessava mais pela bicicleta dele, voltou a andar de velocipede com os irmãos ou ficava admirando a bicicleta grande das outras crianças. Nicolas gosta de se relacionar com crianças mais velhas, nas verdade os três são assim, crianças da idade deles para eles são "bebezinhos" como eles falam cheio de doçura e proteção. Mas Nicolas é ainda pior, tem fascinação por crianças mais velhas e adora imitá-las ou brincar de igual para igual. Uma graça meu menino velho!
Então pensei muito o que daríamos de presente de 3 anos para os três e decidi que seria algo bem longe da tecnologia, algo que eles tem acessível até demais nos dias de hoje, queria o brinquedo dos sonhos de toda criança do passado: a BICICLETA. E acertei na mosca, amaram a brincadeira e o melhor ficam exaustos!!!! :-)
Agora era só escolher os modelos, como assim?! não é só comprar 3 bicicletas?! Nada disso, quem tem múltiplos sabe que a conta não é só de multiplicação, são três indivíduos que nasceram juntos mas tem desejos, personalidades e necessidades diferentes, apesar das necessidades básicas serem parecidas em função da idade. Então não foi uma tarefa tão fácil como parece.
A primeira bicicleta que comprei foi a do Nicolas, meu menino-velho, comprei a bicicleta do super-man com aro 14 que não é indicada para a idade dele, mas sabia que seria a única que ele realmente teria motivação, e acertei em cheio. No mesmo dia que ganhou ele aprendeu a girar o pedal da forma correta. 
IdadeAltura do cavaloTamanho da roda
2 a 4 anos35 a 42cm12
4 a 6 anos40 a 50cm14
5 a 8 anos42 a 55cm16
7 a 10 anos55 a 63cm20
9 anos ou mais, até 1,50m de altura60 a 72cm24
Fonte: http://www.mountainbikebrasilia.com.br/2013/07/29/como-escolher-corretamente-uma-bicicleta-infantil/

Para o Vinicius eu sabia que tinha que escolher de um super-herói também, mas sabia que minha missão era mais complicada porque Vinicius tem que gostar de primeira, caso contrário não se interessa e o pior de tudo é que ele não tem muita paciência de ser ensinado, ao contrário do Nicolas que adora explicação, Vinicius é observador e gosta de aprender sozinho. E todas as vezes que sentava em uma bicicleta ele se irritava com o pedal, e se tentasse ensinar para ele, descia da bicicleta e pegava o primeiro velocípede ou patinete e saia correndo. Então durante minhas pesquisas encontrei a Runna Bike, uma bicicleta de madeira que pesa 4,5 kg sem pedal e sem rodinha, que ensina a criança de maneira simples a ganhar confiança para se equilibrar sobre duas rodas. No seguno passeio de Bike, Vinicius ganhou o apelido de The Flash e já descia rampas com as duas permas para cima, se equilibrando somente nas duas rodas. E mais, por onde passa todos olham para sua bicicleta, ele acha que é porque é do Batman (colei um monte de adesivos do Batman na Bike ficou linda e personalizada). Ah, esta bicicleta chama tanta atenção no parque que parei de ouvir a pergunta se eles são trigêmeos e passei a escutar: "nossa a bicicleta é de madeira", ou "não tem pedal nem rodinha". Esta bicicleta foi criada na Nova Zelândia para crianças de 2 a 5 anos, e está recomendadíssima por mim e se eu conhecesse antes teria comprado para os três, a criança fica confiante e segura ao equilibra a bicicleta, não precisando se adaptar as rodinhas. Fora que é prática, pequena e leve, principalmente para mães de múltiplos que vivem cheias de carga e bolsas.

Vejam o video institucional da bike no youtube, quando vi logo imaginei Vinicius correndo igual kkkkk.

Comprei na submarino: http://www.submarino.com.br/produto/112917964/bicicleta-de-equilibrio-runna-bike-azu


Vinicius descendo a rampa na casa da vovó. Agora que vi que estava andando sem sapato, apesar de levar ele com tênis. Ai que perigo de ralar os dedos, meu Deus!

Já a bicicleta para Sofia foi mais simples a decisão mas não foi mais fácil encontrá-la. Bom já tinha gastado uma grana nas outras duas bicicletas, então primeiro pensei em pintar a bicicleta velha do Nicolas e passar para Sofia, mas vi que sairia mais de R$100 o serviço. Na loja a bicicleta das Princesas custava R$ 300, então fui no meio do mundo e descobri uma loja que vende as bicicletas sem marca muito mais baratas e bonitas da mesma forma. Comprei por R$130 e ainda veio com squeeze e personalizei ela com um monte de adesivos das princesas que custaram R$2,30. Então fica a dica, compre uma bicicleta rosa sem marca e cole muitos adesivos (que vende em banca de jornal ou lojas de festas infantis) que fica bonito e muito mais barato! 

Faltou a foto da bicicleta do Nicolas, esqueci de tirar mas atualizo mais tarde o post. 
Tri-beijinhos!!!





7 de novembro de 2013

Minha Princesa

Alguém já viu uma Gata Borralheira mais linda do que esta?!
Pift, Paft e Puff!!!


Foto: Sergio Luiz
Arte: Bianca Batista
Fotos tirada para compor a decoração de aniversário da festa de 3 anos. Em breve posto mais fotos do aniversário deles.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...