24 de julho de 2013

Nasce os mais novos Trigêmeos de Natal: Os Trigêmeos de Ceiça

É com muita alegria que hoje venho postar o nascimento de mais um Trigêmeos em Natal: Os Trigêmeos de Ceiça (Maria da Conceição Souza Azevedo) e Lomanto Reboças, que nasceram dia 16/07/2013 na Maternidade Promater em Natal - RN. Muito alegria para esta Super-Mãe, mais do que Guerreira, porque Ceiça é mãe de segunda-viagem pois já tinha um filho de 2 anos, e engravidou espontaneamente de trigêmeos para a alegria e glória de toda a família Azevedo e Rebouças. Tia Karla Azevedo, minha Amiga, está babando neste trio lindo!!!!

Parabéns, Super-Mamãe que conseguiu segurar uma gravidez trigemelar com praticamente outro bebê em casa, além de que com sabedoria de mãe, disciplina para cumprir toda a orientação médica e nutricional deu a luz à três bebês super-saudáveis que nasceram no dia de Nossa Senhora do Carmo! Muita benção!

Ontem Luisa se juntou aos irmãos: Guilherme e Isabel e já estão todos no quarto juntos da mamãe, ainda sobre a supervisão dos profissionais da maternidade até a família estar totalmente adaptada a nova rotina da grande família. Visitas ainda são proibidas porque os bebês são prematuros e é difícil para a família e amigos entender isto mas é necessário respeitar, eu já passei por isto e digo, nascem muito frágeis e não custa nada esperar alguns meses para deixar os pimpolhos bem forte para curtir eles bastantes depois, tá?! (Leia dicas sobre prematuros aqui http://ostrigemeosdenatal.blogspot.com.br/search/label/Prematuros)

Muita emoção escrever esta notícia, fico honrada e feliz em dar esta notícia em nosso blog! Felicidades para esta linda família! Tri-beijinhos, Tri beijões!!!

Super-Mãe Ceiça e o Trio mais lindo da Tia Karla Azevedo!
Isabel tomando leitinho

Guilherme já tem rostinho de homem!

Luisa se juntando aos irmãos no quarto



21 de julho de 2013

SOS Salve as Tartarugas

No final de semana passado recebemos um convite mais do que especial da prima Bia, nossa Pediatra-Mirim, filha da Pediatra do trio e que nos acompanha desde que éramos bem piquitititos. Uma tartaruga marinha, conhecida por tartaruga-de-pente, enterrou mais de 110 ovos no jardim da casa de praia do avô dela em Pirangi - Natal-RN no final de Abril e quase 75 dias depois, mais de 100 tartarugas nasceram naquele abençoado e escolhido lar. Muita Alegria!!! Acho que a tartaruga-mãe sabia que era casa de "pediatras" :-) e que assim seus filhotes teriam uma boa assistência de parto, dito e feito, chamaram o Projeto Tamar para cuidar de tudinho.

Percebi o amor da voluntária do Projeto Tamar que explicou a importância de se proteger esta espécie em extinção devido a caça indiscriminatória dos homens, que em menos de 40 anos de caça quase extinguiu a espécie que vive na terra desde da época dos dinossauros, simplesmente para usar seu casco para fazer artigos como pentes, cinzeiros e comer de sua carne.

E fiquei encantada como o trabalho deste Projeto que em mais de 30 anos já conseguiu devolver ao mar mais de 15 milhões de tartaruguinhas, resgatar mais de 5 espécies de tartarugas ameaçadas de extinção, além de devolver dignidade às comunidades litorâneas que antes participavam da pesca predatória e hoje vivem de forma à proteger e se beneficiar da proteção da natureza, através do turismo e do artesanato. Parabéns! Segue o link abaixo do projeto que tem 33 centros de visitantes espalhados em 8 estados Brasileiros. http://www.tamar.org.br/

E para finalizar, as tartarugas levam 30 anos para chegar a idade adulta, e a estatística natural desta espécie é tão difícil quanto acertar na loteria. A cada 1000 tartarugas que nascem, somente 2 chegam a idade adulta. E o mais legal de tudo é que depois de cruzarem todos os oceanos peregrinando sozinhas por todo o mundo, quando chega a época de acasalar elas voltam para o local de origem, e dizem que as fêmeas põe os ovos no mesmo lugar onde nasceram. Isto significa que daqui há 30 anos, estarei bem velhinha, mas estarei viva para registrar meu Trio com Bia, Marilia, e Fefê reencontrando a tartaruga lá em Pirangi. Vai ser muita emoção registrar este momento!






18 de julho de 2013

Kids are CAPABLE. Let them show you. Crianças são CAPAZES. Deixe-as nos mostrar.

Nas minhas pesquisas de hoje me deparei com este texto da Practical Parenting (http://practicalparentingpdx.com/)  e amei! Fiz até uma tradução, mas para quem preferir segue o texto original.

É exatamente quase tudo o que eu penso, e é a forma como tento tratar os meus filhos, não como crianças frágeis e indefesas mas como crianças capazes de aprender o que quisermos ensinar. E assim eu faço desde cedo dando autonomia, ensinando os a serem independentes, a reconhecerem os perigos mas não a teme-los.

Eles andaram muito cedo e rápido, porque não ficávamos com os meninos o dia inteiro pendurados no colo, deixávamos livres no tapete emborrachado e assim um estimulava o outro, e estimulávamos eles com brinquedinhos e funcionou!

Meus filhos quando começaram a andar, passaram a se machucar absurdamente, protegi todas as quinas com emborrachado, mas deixei eles livres. Desde 1 ano, o pai ensinava os meninos e a Sofia também a fazer barra para ganharem força muscular para não se machucarem tanto, eu ficava arrasada, mas funcionou!

Sabíamos que tínhamos que prepará-los para a vida, e sendo 3 de uma vez a vida deles sempre foi mais intensa e arriscada desde cedo, parecem como um ímã, até hoje são assim, sempre que estão correndo se chocam! Aqui em casa desafiamos constantemente a lei da física: dois corpos tem que ocupar SIM o mesmo espaço (lei dos trigêmeos). Hoje, quando caem e se machucam avisam para professora que o pai é médico e vai fazer o curativo, não choram quase nada. São crianças que se machucam sim mas se divertem demais e são normais!!! As vezes, acho que se machucam demais até, me sinto culpada, mas acho que criança tem uns 100 anjos para projete-las mesmo.

Bom curtam a leitura e depois me digam o que vcs fazem para deixar seus filhos mais independentes? como:
- estimular a falar corretamente
- estimular a vestir a roupa sozinhos
- ensinar a calçar os sapatos
- a arrumar os brinquedos....conte-me mais


Texto Original: Kids are CAPABLE. Let them show you.

 Tradução do texto do link acima:


Se quisermos que os nossos filhos cresçam responsáveis, independentes, e capazes de resolver seus próprios problemas, avaliando os riscos de forma adequada para tomada de decisões seguras, devemos lhe dar oportunidades ao longo do caminho para arriscar e falhar.

Devemos resistir ao desejo de resgatá-los, para evitar o desconforto ou mesmo a dor.

Devemos permitir que eles aprendam com seu próprio esforço ... então ...

não sustente o bebê o dia inteiro no colo,

não surte quando o novo andarilho cair e se machucar, faz parte do aprendizado

não use copinhos super seguros depois dos 18 meses, deixe-os experimentar novas possibilidades,

deixe a criança subir na árvore,

permita-o viver a pré-escola para pular outros passos mais altos,

Deixe a criança brincar sozinha  no jardim da frente (sob supervisão dos pais),

deixe seu filho atravessar a rua sozinho para brincar com os vizinhos (sob supervisão de longe é lógico),

mande-os encontrar algo no supermercado e depois vá ao seu encontro (observe de longe).

Dê-lhes a mensagem "Você é capaz", permitindo-lhes que realmente SEJAM capazes.





Casa Nova para receber a sua visita!!!

Gostaram da nossa nova casa?! Mudamos o layout do blog para representar nossa nova fase: a dos super-heróis. E assim receber vocês melhor no nosso cantinho.

Aqui em casa é assim, fantasias de dia, de tarde e de noite, até para dormir eles vão dormir de pijamas de fantasia, haja criatividade e pesquisas desta mãe aqui para achar tantas fantasias e pijamas divertidos. Para os meninos, só vale de super-heróis, já passou a fase do toy story, galinha pintadinha, backyardigans nunca teve, cocoricó nunca teve, piratas, bombeiros, e por aí vai. Ah, e não poed ser qualquer super-herói, só gostam mesmo do super-homem, homem-aranha, e batman mais ou menos. Os demais são "sub-heróis". Sofia já é mais flexível, aceita ainda minnie, gatinha Marie, mulher-maravilha, mas gosta mesmo é das princesas, em especial da Cinderela.

Agora vocês entenderam o tema do blog, não é?! A Super-mãe acompanhou a super-família, porque eu acredito que toda mãe, de múltiplos ou não, que se dedica a cuidar de um filho de verdade, assumindo responsabilidades de educá-los, deve ser considerada uma Super-Mãe, porque uma criança é o maior tesouro da humanidade. Se todas as mães do mundo se preocupassem em criar filhos para respeitar as diferenças, respeitar o próximo, o mundo de hoje seria muito melhor. Acho que a falta de respeito que vemos hoje mundo a fora é falta de amor de mãe, pronto falei!!!

Criei também uma fanpage Criando Múltiplos https://www.facebook.com/CriandoMultiplos
que tem como objetivo dividir nossas pesquisas de múltiplos e de mães, para dar dicas de sobrevivência, então tudo que eu for aprendendo e achar legal vou dividir lá e no blog. Mandem também suas dicas de mãe para eu postar aqui ou diretamente na nossa página no facebook. Vamos adorar!



6 de julho de 2013

Nicolas já é um rapazinho, na verdade sempre foi

Tentei registrar esta passagem no sábado, mas o final de semana foi tão corrido e sem ajudante que me faltou energia, trabalhei muito e dormi nada, mas vi muito acontecer com o meu trio. é impressionante como o desenvolvimento deles é rápido e as vezes até assustador porque é sinal de que estou ficando velha rápido também :-)

Hoje falarei mais do Nicolas porque este final de semana foi histórico em nossas vidas, o pai e eu ficamos chocados, porque pensamos que fossemos ver esta cena só daqui há uns 15 ou 18 anos, mas não, Nicolas com 2 anos e 8 meses passou seu primeiro dia fora de casa. Nicolas sempre foi precoce, foi nosso primogênito porque fez a revolução na minha barriga e um dia resolveu ir parar lá embaixo para ser o primeiro a sair, e sempre foi o primeiro, o primeiro a andar antes dos 9 meses, a entender o que a mamãe dizia, o primeiro a fazer birra, o primeiro a escolher as roupas, o primeiro a ser independente, o primeiro a se expressar. Digo que é um menino velho, com uma maturidade acima das crianças da idade dele e por isso sofre muito porque infelizmente é obrigado a conviver com crianças da mesma idade, que são bagunceiras, e ele é super organizado, todo certinho e sofre muito com isto e entra em conflito constante, principalmente com o irmão Vinicius, apesar de amá-los.

No sábado, ele acordou completamente sem paciência com os irmãos e queria ter um dia de filho único, concidentemente vovó e vovô Lulu vieram visitá-los e no meio das brigas Nicolas fez as malas de roupas e brinquedos e falou que queria ir para casa da vovó. Como ele quis eu deixei, pois eu nunca permitiria separá-los porque gostam só de um ou de outro filho meu, pois tem adulto que faz este tipo de escolha que acho uma crueldade sem fim com as crianças, neste caso foi opção de Nicolas por isso permiti. Tudo aconteceu naturalmente e por vontade dele, sei que funcionou, conseguiu manter a rotina da sonequinha da tarde na casa da vovó, até quatro bananas comeu lá, e nem sentiu nossa falta, mas ficou feliz em nos ver a noite quando fomos buscá-lo. Por outro lado, aqui eu fiquei super ansiosa, com uma sensação de abandono, ataquei os chocolates, mas percebi que a casa ficou mais calma sem meu Nicolas, infelizmente :-(

A verdade é que Nicolas precisava viver um dia como filho, ou neto, único. É difícil para os pais de múltiplos dividir seu tempo para dar atenção igual para todos os filhos e muito mais difícil ainda é a gente separar um dia para atender as necessidades somente de um dos filhos e deixá-lo vivenciar a sensação de ser filho único, mas cada dia mais percebo que isto de vez em quando é importante e este final de semana percebi que podemos sim contar com a ajuda de pessoas próximas como é o caso da minha mãe, que conseguiu dar o amor e a atenção que meu filho Nicolas precisava e que muitas vezes no meio da confusão uma mãe de múltiplos não consegue se reservar para dar. Bom fica aí a reflexão e me digam o que vocês acham! Já sentiram isto?!

Amor demais e tempo de menos! 

Beijinhos Mãe dos Trigemeos de Natal

Vejam a organização das brincadeiras do Nicolas, ele alinhou todos os lagartos, e contava de 1 a10. Depois alinhou as canetas, alinhou as árvores que alimentam os lagartos, e colocou as ferramentas embaixo da perna do homem-aranha que comandava os lagartos. Isto não é brincadeira ee uma criança de 2 anos, não é?! Muito certinho! Nem eu sou certinha assim kkkkk

3 de julho de 2013

O Arraiá dos Trigêmeos de Natá

Este ano foi digamos o primeiro arraial consciente do meu trio, digo isto porque eles curtiram os festejos de São João e São Pedro com categoria, aprenderam as músicas: cantam cantam "São João São João acenda fogueira..."todinha e "pula fogueira iaiá..." adoram e fazem até a coreografia de pular a fogueira, representada por uma cadeira de brinquedo da Sofia virada ao contrário (onde os pés representam as chamas) muita criatividade do meu povo aqui!
Todos os dias dançavam quadrilha, fizemos aquela comemoração que só não foi mais animada por falta de opção, falta de festas mesmo, que se restringiram as do colégio, acho que a cidade anda tão violenta que as pessoas pararam de comemorar nas ruas, acendendo a fogueira na frente das casas como faziam e assim a tradição da festa regional mais bonita do ano vai aos poucos minguando e se restringindo aos lugares fechados. Mas espero que não morra nunca porque Ô festa arretada de boa! Que Continue a Ascender as fogueiras dos nossos corações!

E como foi as comemorações Juninas na cidades de vocês?! Tem tradição de ascender fogueira ou só festa nos colégios mesmo?! Se for animado ainda tá valendo, tem que ter comida típica, pescaria e muito arraiá para gastar energia destas crianças (rs)


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...