31 de julho de 2010

21 semanas de gestação


Quarta-feira fez 21 semanas e a barriga está a cada dia maior e mais pesada, já comecei a usar o cinto de segurar a barriga, que alivia muito a minha coluna.
Continuo com a mesma alimentação, mas agora os bebês estão crescendo com força, estão com aproximadamente 25 cm e com os seguintes pesos:
Vinicius - 365 g        Nicolas - 354g            Sofia - 350g

Mamãe, continua a dar uma hospedagem 5 estrelas para vocês, mas como papai diz, o hotel de vocês está em reforma então continuo em constante mutação. Para vocês terem uma idéia do peso deste útero, eu não consigo mais ficar sentada sem ficar com falta de ar. Quase desmaiei duas vezes na ultrasom desta semana, só melhorava quando papai me colocava de lado. Acontece que como o útero está mais pesado, ele comprimi uma veia muito importante chamada cava inferior, responsável por trazer grande parte do sangue circulante de volta ao coração. Essa compressão faz com que a quantidade de sangue que retorna ao coração seja reduzida, reduzindo, consequentemente, a quantidade de sangue que é bombeado pelo coração, e com isso reduzindo a minha pressão arterial. Com isto, há associação da diminuição da freqüência cardíaca materna. Esse conjunto pode levar a sensação de mal-estar, escurecimento da visão, aumento do suor (sudorese fria), e náuseas, podendo causar desmaios.
Por isso, só posso dormir agora de lado, e de preferência o lado esquerdo, porque a veia cava inferior se localiza no lado direito da coluna, deixando-a livre para circulação do sangue. A logística de travesseiros é absurda, já são 8 para me tombar e amortecer minha barriga (rs). Fora as outras coisas que doem, como os ossos do quadril, a dormência muscular, caimbra, realmente ser mãe é padecer no paraíso.

Amo meus bebês!

22 de julho de 2010

20 semanas de gestação

Ontem completamos a metade do caminho de uma gestação normal. Continuamos a crescer para frente. Cinturinha de pilão, barriguinha chapada já eram, mas é uma delícia perceber diariamente o crescimento deles. Estamos indo bem na dieta, mantendo a linha e saboreando pratos nutritivos, ainda assim precisamos de mais ferro e albumina, e haja cápsulas, alimentos e suplementos alimentares. Papai e vovó logo logo serão sócios do frigorífico, da granja e das farmácias :-)

15 de julho de 2010

Comportamento: Elas estão de volta ao lar - Veja 14/07/10 p.98

Esta semana a Veja publicou uma excelente matéria que resume meu momento atual: Um crescente grupo de brasileiras que chamam a atenção por ter um bom currículo e trajetória profissinal ascendente, mas resolvem  ainda assim largar o emprego para se dedicar aos filhos - na contramão de gerações anteriores.
Realmente não é uma opção livre de conflitos, mas é realmente "libertadora" como dizem a maioria das mães entrevistadas pela Veja.  Outro dia minha mãe me perguntou se eu já me acostumei a não trabalhar, desde abril eu estou por conta da minha gravidez, então respondi naturalmente que eu me sinto sim trabalhando, mas agora para meus filhos e para o bem-estar da minha família. Minha profissão agora é "mãe em tempo integral" e olha que este é um apelido internacional, muito chic, seguindo as novas tendências mundiais. É lógico que sinto até certo conforto em perceber que não é uma opção tão louca assim, segundo a Veja, o IBGE mediu na última década um crescimento em 26% do número de mulheres que no momento da maternindade decidem abandonar o emprego. Eu na verdade, me preparei muito psicologicamente para tomar esta decisão e como tenho sempre muita sorte os ventos acabaram conspirando totalmente para uma adaptação mais suave nesta nova fase de vida, principalmente quando soube que seriam 3 bebês...era inevitável minha dedicação integral a partir de então.
Outra coisa, sei que no momento que eles não precisarem mais de mim posso me recolocar, melhor ainda seria ter este "tempo" para buscar novas oportunidades, tenho muitos planos mas hoje só quero pensar em ser uma mãe tão boa quanto a minha mãe e minha irmã são, se eu conseguir isto me sentirei recompensada em todos os sentidos. Minha irmã e eu tivemos mãe 100% presente, e não tem preço que pague as relações afetivas que são criadas neste envolvimento. Como último argumento, sou normalmente lógica nos meus raciocínios, então a explicação da minha opção atual é bem simples, se como profissional eu me dedicava sempre mais do que o necessário às minhas funções, porque agora que estou realizado o meu melhor projeto de vida, não me dedicaria nem 100%?! Não seria lógico, não é verdade?!
Pois então, agora podem sim me chamar de "desinteressante", "monotemática" e principalmente "blogueira", mas só hoje posso dizer que encontrei a realização que sempre achei que encontraria naquela mulher executiva, fui encontrá-la na forma mais simples que foi ser mãe. Novos valores e vida nova, é bom demais!!!
Amo minha família!

14 de julho de 2010

19 semanas de gestação

Não se assustem porque esta barriga não é nada ainda. Minha obstetra falou que ela provavelmente triplicará de tamanho. Eu ainda não sei como ela fará isto, mas ela falou para não me preocupar que a natureza arranja uma forma de esticar mais. Segundo a médica, vocês começam a crescer exponencialmente agora, a partir da 20a. semana. As fotos são tiradas antes do papai sair para trabalhar, por isso a barriga da mamãe aparece sempre amassada.
A boa notícia é que fui liberada para fazer hidroginástica para aliviar as dores que estou começando a sentir, principalmente quando durmo, sinto dores nos ossos do quadril, no ombro e não consigo dormir na mesma posição por muito tempo. Estamos usando 6 travesseiros para dormir, e ainda assim a insônia é grande. Todas as minhas amigas, que já tiveram bebê, falam para eu aproveitar este tempo para dormir bastante, porque depois de nascidos não terei mais sono de 8 horas, mas já não consigo dormir direto, é muito peso na barriga. Fico pensando que pessoas obesas devem sofrer muito para dormir, falta respiração, falta posição, até para se levantar é difícil. Mas não estou reclamando, estou só me adaptando a nova fase que em breve me trará ainda mais alegrias, então vamos continuar experimentando este momento tão único e sublime.
Amo meus bebês!

9 de julho de 2010

Cartas entre amigas

Hoje foi um dia muito especial não somente para os pais que souberam o sexo dos bebês, mas também para toda família e amigos. Recebemos muitos emails, msg, ligações, beijos e abraços...muita alegria e muita emoção!!! Ainda estou chorando (rs). Os principais comentários foram:

- "somos um casal sortudo, porque vieram os dois sexos e já dá para fechar o balanço"
- "os nomes são lindos" Meu comentário: Sofia sempre esteve prometida para ser nossa filha, não só pelo significado, tivemos vários critérios como nomes simples para serem entendidos em qualquer língua ou regiões (eu sempre sofri muito tendo que explicar meu nome), sonoridade e nomes com personalidade.
- "que eu engravidei de novo de tanta felicidade". Meu comentário: realmente foi o mesmo choro de alegria de quando soube que estava grávida.
- "que a Sofia será muito mimada nesta casa, ou que agora temos uma princesa e dois guarda-costas". Meu comentário é: Sofia será uma árvore de natal sempre cheia de coisas lindas penduradas (kkkk) e os meninos serão elegantes como o pai.
- "que agora eu comecei a sentir o gostinho de ser mãe = a amor incondicinal"
- Márcia, minha amiga que teve a Sarah recentemente, escreveu: "Ser mãe é algo natural, nos é que esperamos 1/3 de nossas vidas para viver isto. Eu penso: como pude viver tanto tempo sem a Sarah?!"
- Teresa, minha amiga, escreveu um email lindo que resume todos os nossos sentimentos, leiam um trecho dele: "...lembro de uma crônica de F. Nóbrega sobre pais e filhos que falava mais ou menos assim: a partir de um momento das nossas vidas (com relação a pais e filhos), além de mãos guiando mãos, serão corações guiando corações. Não encontrei a crônica mas vi outra frase do mesmo autor que diz: "Temos filhos para amá-los para sempre..." A partir de hj, tanta coisa vai acontecer...é o prenúncio de uma nova fase de vida de vcs, na qual muitas mudanças ocorrerão, concomitante a momentos vários de alegrias".
beijos para todos!

Quarta Ultrasom: Fiquei grávida de novo

Meus Bebês,

Hoje é o segundo dia mais importante da nossa gestação, porque é o dia que eu me descobri grávida novamente...a amiga da mamãe - Bárbara é quem melhor definiu o dia de hoje: O dia da descoberta, de uma nova etapa na nossa gravidez.

Papai e mamãe se emocionaram muito ao ver Vinicius, Nicolas e Sofia, digo nesta ordem porque é onde vocês se encontram na barriga da mamãe tendo como referência o colo do útero. Vocês estão lindos e fortes, crescendo como se fosse uma gestação única (diagnóstico compatível com gestação de 18 semanas). Segundo o médico é praticamente um Hotel ***** (5 estrelas), porque vocês estão enormes. Todo esforço da mamãe, quem come, e da vovó, quem faz a comida, está sendo recompensando em saúde para meus bebês.

Vinicius - 248 gramas        Nicolas - 236 g        Sofia - 232g

Já tem 2 horas que estou sabendo o sexo de vocês e ainda choro, é um choro de alegria e muita emoção. Papai segurou as lágrimas mas era só sorriso. Muito obrigada por nos trazerem tanta felicidade. Amamos muito vocês!

7 de julho de 2010

Copa 2010: Brasil e Alemanha estão fora

Meus queridos bebês,

Não ganhamos nesta copa nem o hexa campeonato pelo Brasil e nem o tetra pela Alemanha. Hoje o jogo Alemanhã e Espanha foi de 0x1, e agora Espanha disputará a final com a Holanda, que nos eliminou nas quartas de final.  De qualquer forma, esta Copa na África do Sul terá  um resultado inédito, pois nenhum dos dois nunca ganharam um campeonato.
Temos que aprender a perder, mas nunca devemos desistir, então espero que a gente tenha um técnico melhor no próximo campeonato para garantir nosso troféu na Copa de 2014, quando vcs terão 3 anos de idade, papai e vovô falaram que levarão vocês no estádio, já que iremos sediar a próxima copa do mundo...vamos ver até lá (rs).

18 semanas de gestação



Olha a jabulani aí gente!
Hoje estamos fazendo 18 semanas, metade do caminho, a transformação é diária. Eles devem estar agora com uns 17 cm. E já estão com as papilas gustativas desenvolvidas, daqui a pouco começaram a me chutar para pedir uma alimentação mais apetitosa (rs), mas mamãe está fazendo um sacrifício danado para não sair da dieta nutricional só pensando no crescimento de vocês. Quando vou nas festas ou visito alguém fico sem graça porque não posso aceitar quase nada para comer ou beber, não é loucura não, apesar de parecer para a maioria das pessoas que já tiveram filhos, mas a médica, nutricionistas e outras mães de tri me alertaram para não ouvir conselhos, porque quem teve 10 filhos únicos com apenas 1 por gestação, não sabe o que é ter 3 na barriga de uma vez só, é completamente diferente. Então peço desculpas a todos por estar tão anti-social, mas faço isto pelo bem dos meus filhos, que quanto mais rígida eu for mas tempo eles permaneceram na minha barriga. Não se preocupem estou comendo bem, mas só coisas nutritivas que faz bem para meu povo. Mas assim que eles nascerem já pedi que levassem para mim uma panela de brigadeiro só para mim (rs), não precisa nem fazer bolinhas, eu quero uma lata só para mim.

5 de julho de 2010

17 semanas de gestação

O que mudou da semana passada para cá?! Basicamente o tamanho da barriga. É muito engraçado porque até mesmo meu marido, que me vê todos os dias, se assusta diariamente com o tamanho dela. A alimentação é basicamente a mesma. Aumentei somente o potencial de ferro, agora tomo suco de acerola com couve, cenoura e beterraba...um horror! E toda a minha comida é cozida com músculo, já que não como carne vermelha, ela tem que entrar pelo menos no caldinho. Isto porque no meu último exame fui reprovada na taxa da hemoglobina e hematócrito, indicando início de anemia. Os bebês começaram a sugar tudo!!! Estou tomando um medicamento também.
Comecei a ficar mais cansada em função do peso da barriga, que não era algo que eu definitivamente estava acostumada...mas sei que vem muito mais pela frente. Fora isto, estou me sentindo ótima e muito feliz.

3 de julho de 2010

Copa 2010: Alemanha x Argentina

Meus Bebês, não teve jogo mais bonito do que o de hoje - Alemanha x Argentina (4x0).
Não seremos mais hexa com Brasil mas tudo indica que iremos ser tetra campeões com a Alemanha.
E foi um joga lindo!!! Mamãe não consegui nem ver porque ficava nervosa e tinha medo de vcs sofrerem dentro da barriga.

Vamos continuar na torcida alemã, porque é mais negócio.

É isso aí...

Hoje uma amiga me escreveu, somos amigas somente há 19 anos, e ela me fez pensar como o mundo dá voltas...É bom de vez em quando refletir sobre as escolhas que a vida nos oferece, ou melhor, as escolhas que nós fazemos e as consequências que a vida nos oferece.

Ela lembrou da música "É isso ai" composição de Damien Rice e interpretado pelo Seu Jorge e Ana Carolina...

" É isso aí
Como a gente achou que ia ser
A vida tão simples é boa
Quase sempre...
...A vida sempre continua."

A vida sempre continua, mas as escolhas não voltam, e quando somos jovens a gente tem outros valores...busca o sucesso profissional e material, e achamos que a consequência disto será a realização pessoal. A gente não sabe, quando é mais jovem, que "a vida tão simples é boa". E só hoje é que eu entendo o que é simplicidade, porque é o momento que estou vivendo agora: ser mãe, ser esposa, ser filha, ser irmã, ser tia, ser amiga...e só querer sentimentos bons como amar, e ser amado, estar feliz, rir e chorar de felicidade...e perceber que você já tem tudo que a vida poderia te dar como ter família, ter saúde, ter amigos que mesmo longe lembram de você.  video da música

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...